Hiroshima conta com ajuda de goleiro rival e passa pelo Auckland City na estreia

RESUMÃO

japan_soccer_club_wor_amar_2O JOGO
A primeira partida do Mundial de Clubes teve dois frangos e uma vitória tranquila do atual campeão japonês. O Sanfrecce Hiroshima estreou com triunfo por 2 a 0 sobre o Auckland City, representante da Nova Zelândia, e avançou de fase. Os gols da partida desta quinta-feira em Yokohama foram marcados por Minagawa (impedido) e Shiotani, ambos aproveitando falhas infantis do goleiro neozelandês Spoonley.

NO CAMINHO DO RIVER
Após estrear com vitória, o campeão japonês volta a jogar no domingo, pelas quartas de final, contra o campeão africano Mazembe, do Congo. O vencedor encara o campeão da Libertadores na próxima semana. Já o Auckland City volta para casa precocemente após a grande campanha do ano passado

japan_soccer_club_wor_amarA PASSEIO DESTA VEZ
Recordista de participações na competição, o time da Nova Zelândia disputou o Mundial pela sétima vez e teve sua melhor campanha na edição passada. Chegou pela primeira vez às semifinais, onde deu trabalho ao San Lorenzo, perdendo por 2 a 1, e ainda venceu o mexicano Cruz Azul na disputa de terceiro lugar. Já o Hiroshima jogou o torneio em 2012, como representante japonês, e caiu nas quartas após vencer o mesmo Auckland na estreia.

japan_soccer_club_wor_amar_4_1GOLEIRO AMIGO
O Auckland City dominou a posse de bola (terminou com 67%, mas chegou a ter mais de 70%), porém finalizou apenas uma vez ao gol adversário. Além de ter sido pouco ameaçado pelo rival, o time japonês ainda aproveitou as duas falhas do goleiro Spoonley para matar o jogo – na primeira ele soltou para Minagawa e na segunda aceitou chute fácil e sem ângulo de Shiotani.

TERMINA O JOGO
O Sanfrecce Hiroshima aproveita frangos de goleiro para eliminar o Auckland City, avança de fase e vai enfrentar o Mazembe.